sábado, 17 de julho de 2010

Cinza

Rabisco feito durante as aulas da faculdade, em 2009. Anshin à esquerda e Honshin Haikei à direita.


Dando uma olhada nos desenhos digitalizados que tenho no PC... Esses são alguns deles... assim como de outros projetos (como "A cidade de Preto" e Tsuki) mal começados e inacabados que tenho...

Cinza é outra das minhas histórias que comecei a imaginar, me inspirei depois de tanto ler sobre livros e filmes (Crepúsculo), e também mangás com vampiros (Vampire Knight), aí decidi, na minha imaginação, tirar sarro dos vampiros, e criei um vampiro travesti, ingênuo e atrapalhado. Não que eu não gostasse, mas já estava ficando de saco cheio de tanto vampiro...

A história era para ser no estilo shonen mangá, daqueles de batalha, com direito a rigorosos treinamentos, estratégias mirabolantes para vencer o inimigo, só um pouquinho de romance, e um toque de comédia... BL (!?!? por causa das mordidas de vampiro... mas nada além disso... pensando bem... a história ficou bem mais shoujo mangá conforme fui inserindo outras coisas... acho que não sirvo para fazer shonen mangá... acho que não sirvo muito para nada... ai, que droga!)
A ideia original: sobre um garoto aprendiz de caçador que está em fase de aprovação para entrar num famoso clã de caçadores de vampiros, no entanto, certo dia, em uma de suas missões algo terrível lhe acontece, então, quando ele pensa que é o seu fim eis que surge alguém para lhe salvar, isso era o que ele pensava, porém a pessoa que veio não era nada mais nada menos do que um odiado vampiro(!) que só queria seu precioso sangue. Só que o perigo ainda não acabou. O monstro do qual o garoto perseguia ainda estava a solta e fere gravemente o vampiro que o salvara (?!). O garoto se acha obrigado a retribuir o favor (mesmo que fosse falso) de ter lhe salvado a vida, então para tentar salvá-lo oferece seu sangue. 
Então eles lutam juntos e vencem finalmente o monstro.
A confusão não acaba, pois o vampiro decide ficar com o garoto como sua fonte de alimento. O garoto se desespera, afinal, o que o clã faria se soubesse que fracassou completamente por estar ao lado de um vampiro?
Começaram as aventuras de uma dupla nada convencional (!?)
Um garoto aprendiz de caçador é resgatado das garras de um monstro por um vampiro(?!)

Honshin Haikei, o protagonista de Cinza. Pose(?) tirada(? plagiada!) da revista Claudia nº10 ano 46 pág. 237. 
Usando uma mulher como modelo para desenhar homens também, isto por falta, pois é tão difícil encontrar boas fotos de homens nessas revistas... 

Usando o dicionário que tenho de japonês-português e português-japonês, vi como era a palavra cinza, e encontrei hai, e muitas outras palavras com hai... aí peguei a palavra Haikei que achei mais confortável para um nome do protagonista. Haikei, em português seria cenário, a partir disso comecei a desenvolver uma ordem hierárquica formada de famílias no clã. Agora a palavra Honshin... não lembro como achei... O nome do protagonista da história acabou ficando Honshin Haikei, tem uma personalidade séria, um complexo pela sua aparência e por ser treinado por uma mestra em vez de um mestre.

Anshin, um vampiro travesti(?!). Pose tirado da capa da revista Claudia nº 10 ano 46... (desculpa Angélica e fãs... >.<")
mas eu só estou treinando desenho... isso não é um crime é?!?!?!

Anshin significa tranquilidade... Antes de plagiar as fotos da revista Claudia eu já tinha rabiscado os rostos dos dois (Anshin e Honshin) e feito um logotipo também... (se eu declarar que copiei deixa de ser plágio?) 
Anshin gosta de vestir quimonos e vestidos (porque eu gosto de desenhar essas roupas...), era para ter um olhar sensual para que eu pudesse ridicularizá-lo depois... quer dizer... só para fazer charme, pois Anshin age de forma totalmente diferente. Ele tem uma personalidade ingênua e espontânea, o que irrita muito Honshin Haikei (um dia Honshin irá matá-lo...).

Chuu: o amor secreto (?!) de Honshin Haikei. Inspirada na foto da  propaganda da DAMYLLER Brasil da pág. 5 da revista Claudia nº 10 ano 46.

Chuu, surgiu num sonho meu, mas essa não era a aparência dela, nem o nome dela eu tinha. Eu estava perdida num lugar muito sinistro, acho que era minha escola distorcida, aí aparece uma menina para me ajudar a sair de lá. Acho que se eu não saísse seria devorada por monstros do tipo ratazanas do tamanho de vacas gordas... Isso me deu medo, e me trouxe alívio quando ela foi me levar dali... acho que depois fomos fazer faxina no lugar todo... era muito esquisito... só podia ser um sonho... Tenho outros personagens que vieram de sonhos também... Bem, aí encaixei a Chuu como uma personagem que ajudou Honshin Haikei quando ele ainda era muito criança, e acaba se apaixonando por essa misteriosa garota. Não se sabe de onde ela veio, quando aparece, se pertence a alguma das famílias do clã.

Além desses três acabei desenhando outros personagens para Cinza, mas não digitalizei eles. Os outros seria a mestra de Honshin, a irmã da mestra que é uma cozinheira e uma misteriosa ajudante do suposto mestre de Anshin.

Algumas vezes consigo pensar algo para acrescentar nessa história, então vou anotando. O problema vai ser achar todas essas anotações e conseguir encaixar tudo depois...
Acabei fazendo com que Cinza tivesse conexões com SONHOS e com os personagens de Tsuki

Será que um dia conseguirei terminar todos esses projetos inacabados?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique a vontade para comentar. Críticas, dúvidas, ou sugestões são muito bem-vindos!

AVISOS:
Os comentários são moderados pela autora do blog. Se não houver nenhum problema, serão postados e respondidos na medida do possível.

NÃO ESTOU MAIS ACEITANDO COMENTÁRIOS EM ANÔNIMO!
POR FAVOR, DEIXE PELO MENOS UM NOME NO FINAL DO COMENTÁRIO!

Caso tenha interesse em adquirir algum dos meus TRABALHOS EM BISCUIT e/ou DESENHOS mande email para marisolmaryline@gmail.com. Responderei na medida do possível.

Muitíssimo obrigada pela visita e volte quando quiser! =^.^=

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...