domingo, 27 de abril de 2008

Tempo

Um comentário:

Eu tenho muitas saudades do passado. Do tempo em que eu saia da escola e voltava pra casa e ficava à tarde assistindo televisão, escrevendo, desenhando, escutando música, jogando vídeo game, lendo muitos livros, comendo, dormindo... Do tempo em que eu caminhava com a minha mãe, quilômetros, pra ir no curso de mangá ou no centro da cidade. Do tempo em que eu não tinha tantas preocupações com o futuro. Do tempo em que eu acreditava cegamente nos meus sonhos. Do tempo em que essa pessoa que de agora não existia. Do tempo em que nem tudo era bom, mas que agora eu vejo o quanto era bom. Do tempo que eu perdi... Aquele tempo que agora eu vejo claramente o quanto era importante, e que agora me faz tanta falta. O tempo passou, eu vi, porém não enxerguei. Hoje percebo que poderia ter feito muitas e muitas coisas mais, muito mais! E deixei de fazer, porque sempre haveria o dia de amanhã. No entanto, a cada dia que se passa, o dia de amanhã se vai. E se vai pra sempre. O tempo não volta. Faz me esquecer. Aos poucos sinto que estou esquecendo, estou deixando algo importante pra trás. E isso me faz falta. Uma grande falta, um vazio em mim. Talvez o que está me entristecendo.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...